EnglishPortugueseSpanish

Rua Genebra, 181
Bloco 6
Colombo-PR - 83413-340

(41) 3621-0008
(41) 3621-2026
(41) 3014-4054

(41) 9 8448-5400

Aquisição de caminhões: o que analisar?

compartilhar este artigo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Na hora de comprar um caminhão, é comum que algumas dúvidas surjam. Como é possível saber se a aquisição realmente é um bom negócio e não irá gerar prejuízos no futuro?

O erro mais comum, cometido por muitas pessoas, é fazer os comparativos de caminhões como fazem os de carro, principalmente para analisar as vantagens e desvantagens de comprar veículos que são lançamento ou mais antigos.  

Leia também: Resultados de prazo e custos na logística

Acontece que a realidade não é bem essa. Por exemplo, se pegarmos os modelos de caminhão FH 440 do ano e um FH 440 de 10 anos atrás, ambos conseguem fazer exatamente a mesma coisa.

Porém, para comprar o veículo do ano, seria preciso investir R$ 300.000 enquanto que para adquirir o de 10 anos atrás, o valor do investimento cairia para R$ 100.000.

Ao optar pelo modelo mais antigo, o que muda é que será preciso uma atenção e um cuidado a mais na manutenção. Mas mesmo que isso aconteça, ainda irá compensar a economia de R$ 200.000, feita ao não comprar o caminhão novo.

O importante é sempre lembrar que o benefício e a rentabilidade que o caminhão novo vai te trazer é praticamente igual ao proporcionado pelo FH de 10 anos atrás.

Para o negócio realmente valer à pena, fique atento na hora de escolher um modelo mais velho. Faça comparativos, tente saber um pouco da história do caminhão, verifique o desempenho da máquina e também os detalhes técnicos.

A aquisição de caminhões com idade entre 5 e 10 anos sempre vale à pena?

Como em quase tudo, generalizações envolvendo a aquisição de caminhões também são um grande problema.

Nem sempre será melhor optar pela compra de um modelo mais antigo. É preciso que você faça a análise de cada caso, baseado em suas rotas.

Por exemplo, é preciso um caminhão novo para rodar só na Dutra? Entre São Paulo e Rio de Janeiro? Provavelmente, não.

Agora, eu vou pegar um caminhão usado e mandá-lo para Transamazônica? Só se quisermos ter problemas e incômodos.

Seja qual for a situação, o mais importante no momento da compra é pensar estrategicamente para ser assertivo.

Lembre-se que cada operação é única e que existe um perfil ideal de veículo para cada uma. Antes de efetivar qualquer compra, mapeie quais são as suas necessidades reais. Só assim, será possível fazer com que o negócio seja o mais rentável possível.  

Na Tork, acreditamos que todas as cargas são especiais e que não existe uma operação igual a outra.

Clique aqui e conheça os nossos Projetos Logísticos Customizados.  

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba atualizações e novidades.

Mais artigos

Quer o melhor transporte para seus equipamentos?

Entre em contato e saiba mais.

× Fale com um especialista pelo WhatsApp

fique atualizado
& receba nosso conteúdo